O primeiro amor

O primeiro amor de uma rapariga é o seu pai. É ele o primeiro homem que se encanta com ela. É ele quem primeiro a trata como a uma princesa, quem lhe faz todas as vontades e lhe adivinha todos os desejos. O pai é o primeiro homem que ela observa, quando ainda nem sabe que está a observar. O primeiro a quem dá a mão e a quem fala de segredos e de sonhos. O primeiro a quem deseja agradar. Espera que ele chegue a casa, corre para ele, quer sair com ele. Tem no coração o terrível receio de que alguma coisa má aconteça ao pai. E quando o pai conversa com a mãe, ou quando discutem ou trocam carinhos, ela observa. Vê como eles resolvem as coisas juntos, como enfrentam as dificuldades que vida lhes oferece, como têm paciência entre eles.
This content is password protected. To view it please enter your password below: